"Dona Lua" e "Dás-me uma Estrela?" - Parte III - Feliz aniversário, maninho!

Hey everyone!
Hoje, tal como prometido, decidi terminar a saga do "Dás-me uma Estrela?".
Antes de mais, esta história nunca teria sentido (pelo menos para mim), se não incluísse nela uma canção que aprendi em tempos de colónias de férias, de fogueiras, guitarradas, abraços e sorrisos. E assim surgiu a "Dona Lua" no "Dás-me uma estrela". Da autoria do Rui Henriques, sinto que a canção trouxe a magia que este conto precisava! Em primeiro lugar pelas recordações que tenho, em segundo pelos amigos que fiz ao som desta letra e em terceiro, pela inocência infantil que adoro reviver e que tento retratar neste conto.
Fazer histórias para os mais pequeninos é tão parte de mim, como o é cantar a Dona Lua. Juntar os dois... é... 
.... é.... é bom... e faz-me bem.
Obrigada Rui, por me deixares usar a tua canção!

Antes de passar a encerrar este capítulo, dizer que dedico o "Dás-me uma estrela?" (finalmente) ao meu irmão Pedro, que amanhã faz 21 anos (21-07-90). Esta história foi escrita para ele com este mesmo intuito (prenda de aniversário), mas há cerca de quatro anos atrás. Hoje fica completa, e serve o propósito para o qual nasceu.
Mano, TU és a minha estrela cintilante*
Feliz aniversário!

Quem ainda não leu esta história desde o inicio, pode clicar aqui e depois, no final de cada capítulo, clicar em "próxima".
Vamos lá?



“Dona Lua” foram as primeiras palavras... saía um dourado tão bonito da caneta mágica!
Agora com mais vontade e muito segura, a Ana rapidamente escreveu a canção. Ao terminar, fechou a caneta e deixou que fosse a Dona Lua a ler.
Em letras douradas estava escrito no céu:

“Dona Lua
Lá na rua,
Diz ao Sol ‘pra se ir deitar
Na memória, de uma história
Está na hora de ir sonhar...
Posso ir ao céu,
Navegar no mar,
Posso fazer tudo a sonhar
Tu também!
E é tão bom dormir,
E imaginar...
Que logo amanhã vou acordar...”

-                    Oh, Ana! Está tão bonita a minha canção! – Disse a Dona Lua muito comovida... – tarefa superada com nota máxima!
-                    Boa! Boa! Conseguiste! – cantarolava novamente a fadinha,
A Ana estava tão contente que não parava de cantarolar também.
-                    Auf! Auf! – ladrava também o cãozinho Feijão muito feliz.
-                    Esta noite conseguiste fazer-nos a todos felizes, Ana. Assim sendo, vou dar-te a mais bonita estrela do céu para também fazeres o teu mano sorrir.
Dito isto, a Dona Lua inspirou com força e soprou com muita força para cima da Ana e do cãozinho Feijão.
De repente, A Ana acordou na sua caminha, bem quentinha, ao lado do mano Pedro.
-                    Será que não passou de um sonho? – Perguntou-se a si mesma ao recordar todas as aventuras mágicas daquela noite.
No bolso do seu pijama, algo estava muito quentinho. Ao perceber o que era, a Ana retirou uma linda estrela que brilhava com muita força.
-                    Ena! Consegui mesmo! – Pensou muito feliz.
Com muito cuidado, colocou a estrela debaixo da almofada do mano Pedro, que a dormir, sorriu.
-                    Se estás a sorrir agora, espera até acordares!- Sussurrou a Ana, que logo a seguir se virou para o lado e adormeceu.
(Gosto de ti, mano Pedro – disse ela, já a sonhar.)





Boas histórias!***


6 comentários:

  1. Ola Ana! Descobri o teu blogue a uns dias, fiquei rendida... Parabéns!
    Hoje decidi ler as historias, ainda não as li todas mas as que li são maravilhosas! Fazes com que nós próprios entremos na história. Adorei :D
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Cláudia! que bom!!
      Fiz uma pausa bem longa nestes últimos meses, mas ler o teu comentário fez-me ter vontade de terminar a história "Pedro e os sonhos que cheiram a bolos"!

      Estou agarrada à escrita neste momento, e acho que bem pode sair algo giro daqui*

      beijinhos e obrigada!

      Eliminar
  2. Não tens que agradecer, eu é que agradeço por estas maravilhas... As historias, os post's. Adorei o video que fizeste de um casal... Muitos parabéns.
    Continua ;) de certeza que eu e muitos outros te iremos seguir
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fazes-me corar, melher! :p hehehe...
      mil beijinhos!*

      Eliminar
  3. Ola Ana, fiquei encantada com o teu blog. Tenho andado por aqui a "coscuvilhar" e tenho achado fantástico :) os meus parabens. beijinhos e continuaçao de um bom trabalho :)

    ResponderEliminar