A pasta do Miguel. Momento bolha culinária*


Adoro pasta... mas não sou a melhor "fazedora" de molho de tomate. Recorri ao Jamie para me ajudar, mas depois tive a sugestão do Miguel, que se ofereceu para me fazer um molho de tomate secreto.
Depois de muitos pedidos, fica aqui desvendado (para todos os rapazes que gostam impressionar as suas babes... eu fiquei!) o truque deste rapazola, que afinal até sabe o que está a fazer.
Obrigada, Migueeeel!***


A massa estava escolhida. Comprei massa de Simpsons biológica, só para dar um toque de diversão à refeição. Também foi uma agradável surpresa... é saborosa!


O Miguel também foi o Dj oficial da sessão de culinária, e Portishead foi a escolha*



1. Duas cebolas e dois dentes de alho bem picadinho!


("Mãezinha, não fui eu a roubar o pão da bancada! Foi o Xamu!!")


("É mentira, mãezinha! Eu tenho estado sempre aqui no chão, a apanhar o que cai cá pra baixo!")






2. Estava eu a dizer... depois de tudo picadinho, levar a refogar numa frigideira larga, até ficar tudo loirinho e cheirosinho.




3. Do outro lado, eu ia recebendo ordens, e ia fazendo a parte chata. Cortei três tomates em bocados grandes, um pimento verde e uma data de azeitonas pretas.



4. Juntar pimenta preta, sal e mangericão... 
Aprendi depois, que isto leva uma eternidade até ficar bom... o segredo, segundo o chef Miguel, é que tudo fique numa espécie de pasta nhanhenta.


5. Depois, juntar o molho de tomate!


6. E claro, um pouco de Pimenta da Terra. Este foi um truque que o Miguel aprendeu durante as férias a Santa Maria... nunca mais o esqueceu!



7. Mexer, mexer, mexer... um pouco de água de vez em quando, mexer... eu a perguntar "mas isso nunca mais fica pronto!?".
Estão a ver o que quero dizer com o molho "nhanhento" na imagem acima?
:) (yummy*)







8. Finalmente, chegou a hora da minha parte preferida. E ter a massa "al dente" já é coisa minha!
Adoro a ideia de ter comprado estes Simpsons... a comida ficou mais alegre.



9. Quando a massa já está escorrida, junta-se o molho que fizemos durante um tempão.
Voltamos a provar, a ver se está bom de condimentos e etc, e está pronto a servir!







10. No final, adicionámos um pouco de Feta ralado... ficou ainda mais... hmmm... ai ai...



11. E pronto, não é a coisa mais light do mundo, mas é vegetariana, e foi feita com amor e partilha.
Adorei esta noite culinária, e espero que vocês também.
Fica o truque do Miguel, para todos os que já estiverem com fomeca para o almoço*




Não vos parece bem?
PLIM*


3 comentários:

  1. Homem que mitificou a frase "Em casa só preciso de uma tostadeira" ... quem o viu e quem o vê :)

    ResponderEliminar
  2. Acho que vou experimentar hoje.... mas se calhar acrescento uns cogumelos... :P
    (ponho cogumelos em tudo...)

    ResponderEliminar
  3. Já testei! Sem cogumelos, mas acrescentei vinho branco. Aprovadíssima! :P

    ResponderEliminar