Bolo de Banana típico de Cabo Verde!


Meto-me sempre em mais coisas que aquelas que consigo fazer. Faz parte de mim e não consigo evitar... especialmente quando são desafios diferentes e para causas que valem a pena!
Fui convidada a participar esta manhã num workshop de confecção de Bolo de Banana típico de Cabo Verde por uma coleguinha do Teatro. Adorei a ideia, ou não fosse eu doida por doces (este é uma autêntica bomba, minha gente! Bem diferente do que costumo fazer... mas valeu tãããão a pena!).
Tudo aconteceu na Associação Espaço Mundo na Alta de Lisboa (aka Musgueira), e foi uma maneira maravilhosa de passar a manhã! Conheci gente super querida, e conheci esta instituição, que merece muitos miminhos.
A Vivi foi quem nos ensinou a fazer este bolo cheio de amor e açúcar, e segundo percebi, ela é uma das almas do espaço... mãe, tia, amiga, confidente de muitas crianças que para ali vão fazer os trabalhos de casa, adultos, etc.
Ali fazem exposições, almoça-se, convive-se, mantém-se os mais novos longe de patifarias, e partilham-se conhecimentos e culturas. O Espaço existe há 2 anos, apesar da Associação de Moradores ter nascido em 1993.

Mas deixando-me de dados, vou ensinar-vos a fazer este bolinho, para que o possam também fazer aí em casa, para os mais queridos* (um Doce para outro Doce!)


*6 Ovos;
*1 iogurte de morango;
*3 copos de iogurte (como medida) de açucar;
*3 copos de iogurte (como medida) de farinha;
*2 colheres de chá de fermento;
*1 copo de iogurte (como medida) de óleo alimentar;
*Bananas qb.

(sim, altamente patrocinados pelo "Sweet Drop")


1.
Separar as claras das gemas em duas taças diferentes.



2.
Juntar um iogurte de morango às gemas.


(esta é a Vivi, que nos deu o workshop!!!)

3.
Juntar 1 copo de açúcar (medida do pacotinho de iogurte) às claras ainda por bater.

E os outros dois às gemas e iogurte...


4.
Bater as claras em castelo... Ao som de kizomba!! :)

(O Eusébio é um dos coleguinhas do teatro, que aceitou também fazer o workshop)



5.
Juntar farinha ao recheio (3 copos de iogurte como medida), e bater muito bem!





6.
Adicionar duas colheres de chá de fermento e um copo de óleo alimentar (medida do pacotinho de iogurte).
Mexer, mexer, mexer!


7.
Juntar as claras em castelo ao recheio, e misturar com uma colher para não desenlaçar.




8.
Preparar o tabuleiro.
Fazer caramelo com o açúcar (qb, depende do tamanho de cada tabuleiro)... aqui é trabalho de paciência... porque temos de estar sempre de olho no açúcar para não queimar. Mexer, mexer, mexer...




9.
Quando o caramelo já está todo feito, untar toda a forma com ele. :)


10.
Laminar babaninhas... A quantidade depende sempre do tamanho da vossa forma. Estas bananas vão para cima do caramelo, para depois se deitar o recheio por cima.


(A Alexandra foi quem me convidou a participar neste workshop! Obrigada, menina... foi mil vezes melhor que ficar uma manhã inteira de molho na cama!* Venham mais!)













11.
Depois de tudo feitinho, vai ao forno! 20/25 minutos - ±170º. (O forno da Vivi é a gaz)



12.
Sorte a nossa que a Vivi já tinha feito um nessa manhã para levarmos para a turma de teatro! A forma é diferente, mas o bolo é o mesmo*






O caramelo que fica na forma pode ser comido directamente, ou barrado no bolo... que bomba maravilhosa... ai ai.


Espero que estejam a ter um fim-de-semana maravilhoso! Já estive no teatro e vou jantar com os papás e Miguel. Adoro fins-de-semana com muita gente*

PLIM*!

4 comentários:

  1. E as "babaninha" sabiam bem apesar de misturadas com o sabor de morango?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estava excelente, Luisa! mesmo muito bom!****

      Eliminar
  2. atao primeiro aparece numa forma retamgular i dps numa redonda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá ! Vê o ponto 12 deste post! :)
      Beijinho e obrigada pela participação*

      Eliminar