Estamos a entrar para o metro para vir trabalhar, pegamos no jornal, como habitualmente, e logo na capa salta um "Convívio de garagem - uma venda que se tornou numa festa de Domingo"... PLIM*! O coração desata aos pulos e abrimos logo o jornal, e PLIM - PLIM -  PLIM* temos destaque no jornal O Metro!
É tão giro olhar para trás e olhar agora para a frente. Tenho a certeza de que Domingo será um dia maravilhoso, e todos os vendedores estão empenhados, a fazer os enfeites para as paredes e grades do portão, a fazer flores para os preços e para as etiquetas da comida... eu até comprei sementes para a boa acção do dia: vou plantar flores nos vasos do pátio!


Já temos o mapa de posições de cada pessoa na nossa Venda, e agora todos sabem o que fazer logo no Domingo pela manhã. É só chegarem, e irem para os seus "lados" e começarem a montar. Os primeiros a despachar, começam a ajudar os restantes que ainda demoram.

Hoje (por volta das 19h) teremos a "Operação esfrega-esfrega" no pátio, que precisa de uma grande limpeza! Não só está cheio de ervas daninhas a crescer entre a calçada, como as velhinhas do Bairro descobriram que era um óptimo sítio para despejar restos de comida e ossos para os gatinhos que por lá andam. Compreendo a intenção delas, e eu própria não consigo ver gatinhos com fome (relembro que tenho dois, e são os amores da minha vida), mas tem-me feito muita confusão chegar a casa à noite e ter o pátio cheio de porcaria, restos de arroz, ossos e molho não sei do quê. No fundo, é a minha casa, não é?
Sei que o condomínio gosta bastante das nossas vendas: não só se divertem durante a tarde, como é menos uma despesa que temos em manutenção do pátio, porque todos os meses faço uma limpeza geral para o ter giro para a venda... então porque é que estas velhinhas o escolheram para depósito e Santa Casa dos gatos do Bairro?
Hoje saí mais tarde para o trabalho e apanhei uma delas em flagrante...! Isto foi o que aconteceu:

(preparem-se, vem aí bomba)

Eu: Bom dia, vizinha!
Velhinha: Bom dia! hehehe... Estou aqui a dar comidinha aos gatinhos, tadinhos...
Eu: Eu sei, e eles estão muito bonitos e gordinhos, mas gostava de lhe pedir que não fizesse isso aqui no pátio outra vez.
Velhinha: Porquê? (a classe desta pergunta, hein?)
Eu: Porque logo à noite vou limpar o pátio todo com mais algumas meninas...
Velhinha: Vai limpar o pátio? 'Praquê? (esta pergunta, adorei.)
Eu: Porque moro cá... e porque está sempre tudo sujo e não gosto de ver a minha casa suja... E para além disso, este Domingo vamos fazer aqui aquela venda mensal, sabe?
Velhinha: Eu não concordo nada com essas vendas! Os gatinhos têm de comer e você não pode fazer nada disso porque o pátio não é só seu.
Eu: Olhe, por acaso, eu tenho autorização dos condóminos todos. O pátio não é meu, mas eles deixam e até gostam.
Velhinha: Eu vou mas é chamar a polícia!
Eu: Olhe que eu liguei para a polícia municipal a contar-lhes da venda, e eles disseram que desde que eu não ocupe a via pública e desde que tenha a autorização do condomínio, posso fazer esta venda sem problemas.
Velhinha (aos gritos): Eu vou chamar a polícia! Você deita líquidos nas plantas! (plantas secas, nos vasos, e a maior parte são eras daninhas)
Eu: Aquilo é a água que usamos para fazer o chá... e para que saiba, como o tema desta venda é a Primavera, até vou plantar sementes nestes vasos hoje à noite, para daqui uns tempos crescerem flores bonitas. (a paciência que eu tenho, hein?)
Velhinha (aos gritos, a ir embora, histérica, bairro acima, porque não tinha mais nada para dizer): Eu vou fazer queixa de si! Vai ver!
Eu: Olhe, venha no Domingo lanchar connosco.

E pronto... foi assim.

Não vos consigo descrever a senhora... nunca a tinha visto assim. Aliás, foi um choque para mim vê-la zangada comigo. Estamos sempre a falar de gatinhos. Posso tentar, no entanto:

Isto é ela quando falamos de gatinhos:

Isto é ela, quando lhe digo que não pode continuar a sujar o pátio do meu prédio:


É claro que tive logo uma crise de nervos e falhou-me um rim. Aquela senhora podia vir a ser a minha melhor amiga, se quisesse... porque ambas adoramos gatinhos.
Espero sinceramente que tudo corra pelo melhor. Tenho as chamadas telefónicas feitas à polícia municipal, assim como à Junta de Freguesia. 
Sorte tem ela, de eu nunca ter feito queixa à polícia pelo lixo que ela atira para dentro do meu pátio.


Pensamentos positivos trazem energias positivas. Já me ri à conta disto e tudo.
Nada como uma boa dose de adrenalina para começar bem o dia, não é?
Agora só falta não chover! Quero tanto que isto corra bem! 
Os vendedores estão super entusiasmados e a notícia tem corrido nas redes sociais. Agora é esperar para ver o resultado que trás o jornal O Metro, e rezar para que seja mais um dia maravilhoso!

Quem desse lado é que vem à Venda? :D
Estamos todos tão felizes!
PLIM*!

PS: Depois mostro-vos como correu a "Operação esfrega-esfrega" e um "antes" e "depois" do pátio, já sem restos de feijoada da senhora desta manhã! :D

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá, CV Love!
      É sempre um dia maravilhoso! contamos contigo?*
      PLIM*
      Lu*

      Eliminar
  2. Olá Ana Luísa!

    Parabéns!!! fiquei muito contente por saber que vai haver uma iniciativa tão gira no "meu" bairro.

    Catarina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, catarina! contamos contigo, então! :D

      Eliminar
  3. Olá, também tenho umas coisas no sótão que talvez tenham interesse para alguém...Como posso participar de futuro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá mirui! Para esta venda já estamos realmente com o grupo fechado, mas envie-me um email e vamos falando! tencionamos repetir já em Abril*
      PLIM!

      Eliminar