Things I love Thursdays ** Work Edition**

Está tudo ainda no segredo dos Deuses... mas acredito que este próximo projecto promete!
Ando a mil, e ainda não sei se consigo "Feriadar" amanhã, mas este fim-de-semana vai ser dedicado a estar de molho, dormir muito e namorar. Mais nada de nada! Não me liguem, não me batam à porta... estou só para mim.
:)


Coisas boas vêm a caminho da Nebula e da Diffuse, e mal posso esperar pelo momento para vos mostrar tudo!

Hoje, dedico o post a coisas que gosto dentro de tudo o que implica "trabalho"/ profissão:


1. Adoro ter liberdade criativa num emprego.
É isso que me faz querer acordar de manhã com vontade de me fazer à bicicleta e aos transportes, mesmo em dias de chuva. Nunca seria feliz no meu emprego se não pudesse meter a imaginação a trabalhar, e onde não me dessem espaço para criar.
É assim que surgem muitas coisas novas, como as minhas histórias infantis, o "Só de mim", ou até um simples vídeo a caminho de gravações para um cliente...


2. Não sou feliz se não me der bem com os meus colegas de trabalho.
Passamos sempre tantas horas nos nossos empregos. As más energias que temos por lá acabam por vir para casa. Nada como estar de bem com a vida e com os outros!






3. Adoro trabalhar, mas também adoro ter vida.
Quando começamos a só conseguir falar de trabalho quando estamos fora dele (para mim), algo está errado.
A balança deve estar o mais equilibrada possível para conseguirmos trabalhar muito e ainda assim ter tempo para as restantes coisas que nos são importantes: família, amigos, namorado, hobbies, animais de estimação, blogue, vídeos a solo, depilações, ver tv, pintar as unhas... etc!
Quando a balança começa a pender demais para o trabalho, ficamos cansados mais depressa, saturamos dos computadores, a casa começa a ficar desarrumada e a roupa acumula-se no cesto para lavar. Os amigos começam a perguntar por nós, e o namorado diz que "agora só estamos com os rapazes do trabalho".
Quando a balança pende mais para o lado do lazer, o trabalho fica desleixado, esquecemo-nos de coisas e não rendemos o devido.
Uma balança equilibrada (mais uma vez, para mim), é melhor que Yoga e melhor que vinte horas de sono... é o equilíbrio perfeito!




4. Saber dizer "não"!
Acaba por ser a regra mais importante num trabalho como o meu. Se usamos a palavra "não", é para o bem do projecto, acreditem!
Na minha profissão, são sempre exigidos milagres. As filmagens têm de ser feitas em "meia hora"; quando esse é o tempo que demoramos a montar o tripé e a arranjar um bom plano; a edição tem de ser feita em menos de nada; O vídeo tem de estar feito "ontem"...
A maior parte das vezes a informação é tanta, que é preciso parar, respirar, e dizer "não".
A) É impossível ter um trabalho excelente amanhã quando filmámos apenas esta tarde. Quer "mais ou menos", eu faço para amanhã... mas se quer "bom", dê-me tempo para fazer o que sei;
B) "Não", não consigo editar isto em meia hora, porque tenho pelo menos 3 horas de material em bruto para ver; 
C) "Não", a edição NÃO faz milagres... peço desculpa, mas só quando a Nossa Senhora souber editar vídeo é que eu vou saber fazer magia. 
D) Não, a edição vídeo não "resolve", tal como a edição áudio. As coisas têm de chegar a nós em bom estado, para saírem de nós melhores. Não é possível criar um bom actor na edição, assim como não é possível tirar todos os ruídos e bocados de som estragados no áudio;
E) Eu sou um ser humano. Gosto de dormir e de comer.
No final do dia, adoramos sempre a nossa profissão, mas gostamos ainda mais de a executar em condições, e de dormir com a nossa consciência tranquila. Um câmara/editor/produtor feliz, com tempo para "resolver" é igual a um trabalho do C*****o!


5.
Ser responsável/criativa/saber trabalhar em equipa = Respeito, confiança.
Nada como termos uma equipa que acredita em nós.
Mas isso só acontece se fizermos a primeira parte, que nos compete. 
Um trabalho bem feito traz muitas coisas boas, dentro e fora do emprego.

;)

A esta hora, são as primeiras coisas de que me lembro... deixo a linha aberta para acrescentarem mais pormenores! Até eu hei de acrescentar, assim que descansar muito.
Boa Quinta-feira!
PLIM*!

2 comentários: