Lamechas e pirosa... // Corny and tacky...


Ele gosta de dormir até já não ter sono. Eu gosto de acordar cedo para aproveitar o dia.
Ele não gosta de desabafar. Eu falo sempre pelos dois.
Ele gosta de viver na sua bolha. Eu gosto de tê-lo na minha.
Ele não mostra ciúmes. Eu se os sinto, digo logo.
Ele é ponderado nas compras. Eu não sei poupar dinheiro.
Ele gosta de andar de mota até no inverno. Eu canso-me de lhe dizer que morro de frio lá atrás.
Ele torna-se mais carinhoso quando sabe que está em sarilhos. Eu transbordo mimos a toda a hora.
Ele é mais comedido nas demonstrações de amor. Eu posto no blogue, e mostro a toda a gente que lhe gosto.

Não há solução para manter juntas duas pessoas tão diferentes. O segredo está em saber entrar um pouco na sua esquisitice e ele na minha. Está em por vezes ouvir as bandas dele e cochilar mais umas horas na cama... em desfazer o penteado que me levou a manhã a construir, e meter o capacete para um passeio bom. 
Depois de feito, olho para dentro e penso... hey, não foi assim tão mau, pois não?
:) e puf... aprende-se, e gosta-se.*

He likes to sleep until he is no longer tired. I like to wake up early and cease the day.
He doesn't like to put it out of his chest. I do it for both of us.
He likes to live in his bubble. I like to have him on mine.
He never shows he's jealous. If I am, I tell him right away.
He saves money. I don't know how to do that.
He loves to ride his bike in the winter. I get tired of telling him I'm freezing in the back.
He is sweeter when he knows he's in trouble. I am always sharing the love.
He is more discrete when it comes to being romantic. I post it on my blog, and let everyone know I love him.

There is no solution for keeping two different people together. The secret is in knowing how to deal with his freakiness and him with mine. The secret is in sometimes listen to his favorite bands, and lay in bed for a while longer... is in letting my hair loose after being a whole morning working on it, just to put my helmet on and go with him for an afternoon ride.
Then, in the end, I stop, and think to myself... hey, this wasn't so bad, right?
And this is how you learn it, and start to like it.*

8 comentários:

  1. tão lindo... mas diz-se comedido não cometido... és linda, vocês são lindos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada baby... hahaha... vou já alterar! sempre atenta às minhas mini gralhas ;)

      Eliminar
  2. É mesmo isso, Luísa, as diferenças é que fazem o puzzle e o torna tão divertido de montar. Como sabes vocês não os únicos a encarná-las. Quando tiveres dúvidas, lembra-te do café com leite e do café fora do leite, do rock e do pop, da racionalidade vs. emotividade. :-))) Parece lugar-comum dizer que se não fosse assim não tinha piada. Mas realmente não tinha. Era uma história da qual se adivinha o fim logo no início. E assim perdemos a vontade de ler o livro...

    ResponderEliminar
  3. É fantástico como brincas com as palavras para falares de sentimentos supremos! És maravilhosa :-)

    ResponderEliminar
  4. Coisa linda, demonstrações de carinho como esta ^^ felicidades para os dois*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. beijinhos para ti, menina!!*
      obrigada pelo carinho...

      Eliminar