Dicas para a organização // Organizing tips

(Fotografias tiradas no Chef Nino durante um lanche mais calórico, mas muito necessário!)

Hoje gostava de falar convosco sobre o trabalho intenso que é ter quatro vidas ao mesmo tempo...
A vida em casa (com namorado, família, amigos e gatos), a Starling Film, o Blogue e ser Professora por vezes são áreas muito difíceis de gerir, e vejo-me obrigada a recorrer a tácticas muito pessoais que me mantém focada em vários objectivos ao mesmo tempo.
O artigo do passado Domingo no DN fez-me querer fazer este post, sendo que recebi perguntas de pessoas que estavam interessadas em saber como é que lido com tudo ao mesmo tempo.
Não sou perfeita, amiguinhos, nem espectacular. Sou humana, e por vezes falho com o namorado, ou com o pagamento da internet cá de casa... mas tento ao máximo ser organizada, e não me passar demasiado quando não estou com inspiração, ou quando acho que não consigo lidar com objectivos dentro das quatro áreas que vos mencionei acima.
Mais uma vez... é difícil gerir tudo ao mesmo tempo, mas tenho andado a aperfeiçoar a técnica. E por isso mesmo, deixo-vos com 5 dicas minhas, na esperança de que vos sejam úteis no futuro!


1- Fazer uma lista diária de objectivos a cumprir.
A mania de listas "To Do" já vem de longe. Gosto sempre de escrever as coisas importantes que tenho para fazer em cada uma das minhas áreas. Isso mantém-me focada nos meus objectivos e ajuda-me a ter um rumo quando estou mais cansada. Odeio chegar a casa e chegar à conclusão de que não fui aos correios levantar uma certa encomenda, ou que tinha de enviar um orçamento a um cliente até ao final da tarde. Assim, faço listas e dou-lhe números conforme a prioridade. Os que são menos importantes e que não são necessários de cumprir no dia, passam para a lista de "To Do" do dia seguinte. Conforme vou fazendo cada um, faço um risco por cima. Se chego ao fim do dia com a lista completamente riscada, sinto que fui a pessoa mais produtiva de sempre! E se sinto isso, recompenso-me com pequenas coisas que me dão prazer.


2- Definir horários para cada tarefa.
Gosto de dar tempos para cada coisa que tenho de fazer. Isto ajuda-me a ser mais eficiente, e funciona na minha cabeça quase como um jogo que tenho de ganhar. "Terminar de editar vídeo "X" - 1h30"; "Fazer "X" posts para o blogue - 2hrs"; Almoço; "Reunião com pessoa "X" - 30min", "Sair para a rua para tirar fotos livremente 3hrs"...
Mais uma vez, conseguindo atingir estes objectivos faz com que me afaste de distracções como ir ao Facebook ver o que é que os amigos andam lá a escrever, ou parar para ver outros blogues. Quando consigo cumprir com tudo, paro, e faço essas pequenas coisas de que gosto. ;)


3- Hidratar, hidratar, hidratar.
Há quem goze comigo porque passo a vida a beber chá. Pois relembro que estarmos hidratados é importante para sermos equilibrados, saudáveis e com tudo a funcionar no lugar... eu adoro beber chá, e tenho tantos no trabalho como em casa. Bebo cerca de 6 por dia enquanto trabalho, e tento beber sempre um antes de me deitar. Gosto de variar entre o verde e os de sabores mais doces... e depois, quando vou meter a chaleira a fazer, aproveito para levar o iPhone, e meto-me a controlar o que se passa no Instagram! ;) (sou tão freako-socialo-nerd... ai ai...)


4- Fazer uma lista de sonhos com muita lata.
Continuo a achar que se não houver muita lata, não vamos a lado nenhum. Logo, e aproveitando o facto de que estou atrás de um computador, e de que o "não" temos sempre... faço uma lista de objectivos e sonhos com muita "lata".
"- Contactar pessoa "X" da empresa "X" para lhe propor uma mudança de look no site em termos de fotografia e vídeo"; "- Contactar pessoa "X" de quem somos grandes fãs para fazer um post no blogue sobre ela e sobre o seu trabalho em troca de fotografias Starling Film que lhe podemos oferecer"...
Sonhar alto não é nenhum pecado ou crime. Quem sabe, às vezes os "nãos" não se transformam em "sim", e estamos perante uma oportunidade de uma vida? Acredito que a "lata" quando usada para fazer o bem, não deve ser impedida de existir... desde que não sejamos uns chatos ou uns spammers de emails, hein? Cada caso é um caso. Não façam um email igual para toda a gente. Estudem a pessoa e a empresa, tenham cuidado a fazer os emails, e carinho por eles também.


5- Parar para pensar e para relaxar não são tempo perdido!
Ainda há pouco tempo saí do escritório de rastos às 21h... tinha passado o dia todo à frente do computador e não tinha sido nada produtiva, só que me estava a sentir mal por não andar a ser Starling como deve de ser. Ao mesmo tempo, não estava nada inspirada para o que quer que fosse. Depois de pensar no assunto por uns momentos, cheguei à conclusão de que se tivesse saído às 18h, teria tido tempo para me inspirar, fazendo as coisas de que gosto... Porque é que não peguei na máquina fotográfica e não fui para a rua tirar fotos (como é o caso das que estou a usar neste post)? Sairiam daí pelo menos 3 posts para o blogue! Porque é que não fui brincar um bocadinho para o Pinterest? Podiam sair daí ideias para mais posts, receitas para recriar em casa e deixar as outras áreas da minha vida mais felizes, podia ter-me inspirado noutros vídeos para criar conceitos para a Starling. Porque é que não perdi algumas horinhas simplesmente a ver TED talks como esta? De certeza que depois disso, olharia para o meu trabalho com outro ânimo.
Porque é que não saí às 18h para fazer uma pequena sesta em casa? Estaria muito mais bem disposta para preparar aulas criativas para os miúdos...
Parar para relaxar e para nos inspirarmos é algo de necessário para estarmos bem connosco, na nossa pele. Ouvir música de que gostamos, dar uma volta, navegar pela internet sem rumo, ligar a um amigo, beber um chá a olhar para a janela, ler aquele livro que vai a meio, podem parecer actividades que nos fazem perder tempo importantíssimo para contribuirmos para o PIB... mas se não os fizermos, quem é que nos aguenta tanto em casa, como no trabalho, como na escola? São coisas necessárias, e de que não me desligo. ;)
Se o que gostam de fazer é sentar à frente do espelho para arranjar as sobrancelhas, então façam-no. É muito importante arranjarmos tempo para aquelas coisinhas que só nos dizem a nós... porque depois, somos melhores em tudo o resto.
"Só avança quem descansa" (Vasco Pinto de Magalhães).

Love, Lu*

3 comentários:

  1. Deixa-me agradecer pelo post tão inspirador.
    No inicio do ano, ao ler uma das tuas entradas no blog, apercebi-me que para "desorganizadas-crónicas" (que é o meu caso) só havia uma solução: ter uma agenda para anotar tudo o que há a fazer diáriamente.
    E heis que me surpreendes com mais dicas! Sem dúvida que vou tentar metê-las em prática. :)

    Obrigada pela inspiração.

    ResponderEliminar
  2. Como eu te compreendo...Ter tempo para namorado/familia, blogue, trabalho ganha-pao, e fotografar com originialidade e criativide...é uma verdadeira missão quase (impossível)...já para não falar do tempo que passamos a editar as fotos, a escrever os posts em portugues e ingles...Às vezes gostava de ser daquelas bloggers que conseguem trabalhar a partir de casa e gerir o seu proprio tempo...
    mas como quem corre por gosto nao cansa...cá continuamos para as curvas a fazer o que mais gostamos!

    ResponderEliminar
  3. Bolas, tentei comentar através do telemóvel e não consegui... Já não me lembro lá muito bem no que disse...
    Anyway, gostei muito deste post.

    ResponderEliminar