Sobre ensinar e aprender // About teaching and learning

Este ano lectivo senti na pele o quão é difícil ser professora, e o quão vale tanto a pena.
Não é só chegar à sala, atirar matéria à parede e esperar que cole... há todo um trabalho de casa imenso que ninguém vê, há a forma de estar perante o trabalho, onde temos de nos auto-motivar constantemente, ser acessíveis e prontos a ouvir de tudo, até quando não tem nada a ver com o que ensinamos nas aulas.
É disponibilidade mental, relacional e ainda conseguir ter força motivadora e inspiradora que qualquer professor devia lutar para demonstrar no momento em que tem de ser o foco das atenções.
Tenho de vos dizer que tive um ano lectivo em cheio, maravilhoso, e onde ganhei mais do que alguma vez imaginei: O carinho de todos, a compreensão e ajuda dos meus colegas, novos amigos e novos sonhos e ambições.
Quando comecei, em Setembro de 2012, confesso que tive medo. Queria ser aceite perante os novos colegas e perante os meus novos alunos. Inspirei-me em tudo o que pude. Até comprei livros sobre o assunto e vi filmes de todo o género onde um professor era o centro da história. Mas no final, não houve mais nada que me inspirasse tanto como este vídeo que vos deixo abaixo.
É a minha prenda de Quarta-feira, e espero que compense o tempo que tenho andado longe. Têm-me acontecido coisas que vocês nem imaginam, e sou feliz como nunca antes fui.
Até já*.

Love, Lu


So this school year I felt on my skin how hard it is to be a teacher. And how rewarding it is as well.
It is not just about getting to the classroom, shooting topics against the wall and expect them to make sense… there is a whole lot of homework that nobody sees, there is comfort we have to try to find on this job, in which we must constantly self-motivate, be approachable and ready to listen to everything, even when it has nothing to do with what we teach in class, like mental availability for our students problems and achievements, and still manage to be the inspiring and motivating force that any teacher should strive to demonstrate.
I have to tell you that I had the most fulfilling school year of my life. Looking back, it was just wonderful, and I gained more than I had ever imagined: Their love and understanding, new friends, dreams and ambitions.
When I started in September 2012, I have to confess that I was afraid. I wanted to be accepted by the new colleagues and by my new students… So I tried to get inspired by everything I could. I even bought books on the subject of teaching, and watched movies of all kinds where a teacher was the center of the story. But in the end, there was nothing more inspiring as this video I've left you bellow.
It's my Wednesday gift to you, and hopefully it will offset the time I have been away from the blog. 
New things are still happening to me, and I'm as happy as I've never been before
See you soon*.

Love Lu*


2 comentários:

  1. Mas que óptima prenda :) Estou a estudar psicologia e tive mesmo de partilhar no grupo do fb da minha turma. É inspirador para todos.
    Beijinhos e boa sorte para tudo o que se está a passar na tua vida. Que essa felicidade que sentes não pare de crescer ;)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. A minha mãe é professora.. :) E vê-la trabalhar é tudo isso que descreves, mesmo. Tenho ciumes dos alunos dela, mas no fundo, gosto que ela seja um exemplo e que inspire quem se senta numa carteira para ouvi-la.
    Estudo psicologia, no meu primeiro ano de licenciatura fiz um relatório sobre esta experiência. :)

    ResponderEliminar