Christopher and Margarida


Tenho a sorte de ter sempre criado uma relação muito especial com os noivos que fotografo. Continuamos a enviar emails depois do trabalho estar entregue, e fiquei muito amiga da maioria dos casais.
A minha história com a Margarida e o Chris é capaz de ser das mais especiais que já vivi... não só porque começou de uma forma muito engraçada, como senti uma ligação muito forte com eles nos seguintes dias que nos juntámos.
Eram 17h em Lisboa, 9h da manhã em Los Angeles quando fiz a chamada por Skype. Eu em casa, de férias e de fato treino, eles com uma cara ensonada, ainda no quarto, do outro lado do mundo. Rimo-nos das nossas situações, e sem preocupações com etiqueta, falámos sobre a possibilidade de vir a ser eu a contar a história deles em Julho em Portugal.
Nem consigo imaginar o quão difícil deve ser organizar um casamento à distância e com um fuso horário tão diferente. Não dá para provar comidas, visitar locais, conhecer bem as pessoas que nos vão ajudar a ter um dia especial. O Chris e a Margarida pediram-me também referências de noivos com quem já tinha trabalhado anteriormente, e fiquei contratada depois de eles se terem comunicado entre si.
Ao ler no email "Ana, lets do this!" (Ana, vamos a isso!), fiquei inundada por uma felicidade inexplicável. Não só tinha causado uma boa impressão à distância, como através de tantas outras pessoas que tive o prazer de fotografar. Nesta altura, parei tudo o que estava a fazer, olhei à minha volta e simplesmente agradeci. Agradeci as voltas que a vida deu, agradeci ter tido a coragem para seguir com os meus sonhos, agradeci silenciosamente a todos aqueles que diariamente tornam os meus dias mais sorridentes.
No final do dia do casamento do Chris e da Margarida, senti-me feliz... Tinha realmente ganho mais dois amigos.
Vou tentar mostrar-vos mais alguns detalhes dos melhores momentos deste dia, mas para já ficam só estas, até porque o material foi entregue muito recentemente aos noivos, e quero que sejam eles os exclusivos a ter tudo de fio a pavio. Espero que compreendam.
Love, Lu*

PS: Obrigada Quinta de Sant'Ana, por me terem recomendado. Obrigada Nuno Lopes de Oliveira, por me teres dado apoio em mais um dia de trabalho. Aprendo muito contigo cada vez que trabalhamos juntos.

I am so lucky to say that I believe I've always created a special relation with the people I take pictures of.
Most of the times we still send emails to each other, and I became really good friends with most of them.
My story with Margarida and Chris is probably one of the best I've ever had... not only because it started in a really funny way, as I felt we had made a special connection the few next days after meeting each other personally.
It was 5pm in Lisbon and 9am in Los Angeles when I made the Skype call we had arranged. I was at home, on vacation and wearing sports clothes, and they had sleepy faces, and were in their bedroom in their pajamas. We laughed at each other, careless of our situations and etiquette, and we talked about the possibility of being me telling their story in a few months in Portugal.
I can't even imagine how hard it must be to organize a wedding from such a long distance and with such a different time schedule. You can't taste the food, really see the place or meet the people who will be planning it with you. Chris and Margarida asked me for other clients references and I got hired after they spoke to them.
Reading "Ana lets do this!" on my email brought me and unbelievable state of happiness. Not only had I won another project, as I had made a good impression from a long distance, but most of all, I had had great references from the couples I'd had the pleasure to photograph in the past. At this time, I just stopped whatever I was doing, looked around and felt thankful. I thanked my life and its twists and turns, I thanked the decisions and the courage I'd had in the past, and I silently thanked everyone who make my everyday better.
By the end of Margarida and Chris wedding, I felt like I had two new friends.
I want to show you more of this wedding in the future, but for now, I want the bride and groom to have it exclusively for them for a while. Hope you understand.
Love, Lu*

PS: Thank you Quinta de Sant'Ana for having recommended me. Thank you Nuno Lopes de Oliveira, for being my support photographer on another wedding day. I always learn so much when we work together.

2 comentários: