Orgulhosa... // Proud...


Ser namorada de um músico é toda uma ciência que devia ter livro de instruções. Como em qualquer profissão que um companheiro possa ter, existem dezenas de pequenos pormenores a que temos de nos adaptar e abdicar para nenhum dos lados dar em maluco. O mesmo acontece para o meu lado, eu sei... e de certeza que o livro de instruções para lidar com a Ana Luisa, se fosse físico, seria algo em constante construção.
Muitas vezes é difícil, achamos injusto, e ficamos roídas em casa porque tínhamos um jantar romântico combinado.
A juntar a isso, no meu caso são também os ensaios a horas estranhas, são os convívios de banda em que não participamos e que são tão necessários, é aceitar que existe mais uma família chegada para além de nós os dois, e muito vocabulário técnico que temos de ouvir sempre que nos juntamos todos e sobre o qual não percebemos patavina.
Tem sido uma experiência gira, e à qual ainda me estou a adaptar. Não tenho soluções nem conselhos para esse mundo fora, porque por vezes ainda discutimos, eu falho, ele falha, falhamos os dois ao mesmo tempo. Mas também temos momentos brilhantes, bons, de festejar. Não há respostas certas nem respostas erradas, no fundo.
Neste post, quero apenas partilhar convosco o orgulho intenso que sinto ao ver nascer novas músicas nos Cochaise. O quanto babo quando o vejo em palco e o quanto sei que isso o faz feliz e realizado.
Quero que continues sempre a fazer música, meu amor. Mesmo quando isso significa não nos vermos, ou termos horários desencontrados. Quero estar sempre lá para te apoiar, mesmo que nesse dia tenhamos tido uma discussão feia, ou que a casa tenha ficado por arrumar, e tu sabes o quanto odeio ter a casa desarrumada.
Espero também cumprir sempre com estas palavras, mesmo que num certo dia não me façam sentido.
Ser namorada de um músico é toda uma ciência que devia ter livro de instruções. Mas também é das coisas mais maravilhosas que me poderiam alguma vez ter acontecido.


Being a musicians girlfriend is a whole science that should have an instructions guidebook. As in any profession that a partner may have, there are dozens of small details where we have to adapt, and sometimes give up so that neither side goes crazy. The same happens to me, I know... and I am sure that if there was an Ana Luisa instructions guidebook, it would have to be something in constant construction.
It is often difficult, sometimes feels unfair, and other times we get angry at home because we had a romantic date that didn't happen.
Added to that, in my case there are also the rehearsals at weird hours, band gatherings which are so necessary, it is to accept that there is another close family beyond the two of us and our families, and very technical vocabulary we have to listen to when we all get together and of which I don't get a thing.
It has been a crazy good experience, and to which I 'm still adapting. I have no solutions or advice for this world, because we still have arguments, I fail, he fails, we both fail at the same time. But we also have brilliant moments, good ones, ones to make huge celebrations of. There is no right or wrong answer for a relationship like ours, or any relationship in fact.
In this post, I just want to share with you the intense pride I feel when I see new sounds coming out of Cochaise. How much I drool when I see him on stage and how I know it makes him feel so happy and fulfilled.
I want you to continue making music forever, my love. Even if it means not seeing each other for a while, or having weird schedules. I want to always be there to give you my support, even if we had an ugly argument that day, or because the house is a mess, and you know how much I hate having a messy home.
I also hope to always carry this words, even if in a certain day they don't make any sense to me.
Being the girlfriend of a musician is a whole science that should have instructions guidebook. But it is also one of the most wonderful things that I could ever have happened.


Esta Quinta-feira vou estar lá para te ver. E se calhar vou chorar um bocadinho.
Ill be there this Thursday to see you. And maybe I'll even cry a little.

Love, Lu*

Ps: Um presente para os leitores! // A gift for the readers!

1 comentário:

  1. Que linda! Que amor... <3
    http://allaboutmakemehappy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar