*My Goals for 2014*

"Mulheres bem comportadas raramente fazem história". Não é uma frase com um sentido de rebeldia negativa. Para mim, significa não me esquecer de que foram essas mulheres que não quiseram estar caladas que me garantiram o direito ao voto, à igualdade, a poder mexer-me sem ter de ter aprovação de nenhum homem.
Significa estar a traçar o meu caminho da forma que mais me completa, da forma que me faz mais feliz e de consciência tranquila. Significa não ir de encontro ao que expectaram para mim só para os deixar orgulhosos naquilo que sempre pensaram que eu seria, embora fosse sempre com a melhor das intenções. Não era o que eu queria, e por isso não o fiz.
Sou imensamente feliz apesar de não ter um grande poder económico. Vivo do destino que traço todos os dias, da realização dos meus sonhos e das batalhas que travo diariamente.
Foi difícil romper o cordão umbilical com um pai que queria que eu fosse Controladora de Tráfego Aéreo, ou médica, ou advogada. Foi difícil explicar que aspiro a uma vida mais simples ainda que muito trabalhosa.
Foi complicado explicar ao meu avô que não precisava de me trazer sacos do supermercado porque ser freelancer por opção não é sinónimo de passar fome.
Muitos amigos meus ainda não percebem a minha forma de vida, e eu não me importo. Porque durmo bem à noite.
Façam acontecer. Vivam agora. Chorem um bocadinho, gritem e desesperem se tiver de ser. Acredito que há uma luz lá ao fundo pela qual vale a pena lutar tanto.
Feliz 2014!
Love, Lu*

Objectivos para o novo ano:
- Rodear-me de pessoas que acreditam nos meus sonhos;
- Tentar estar sempre motivada;
- Aceitar o falhanço conforme vou aprendendo coisas novas;
- Parar de tentar controlar tudo;
- Compensar o tempo que não dediquei aos meus amigos em 2013;
- Ser mais saudável, caminhar mais, beber mais água;
- Aprender a marcar férias, saber quando parar para descansar, aprender a dizer NÃO.
- Pagar a minha dívida no cartão de crédito;
- Aprender a poupar dinheiro;
- Inscrever-me num curso profissional de 6 a 9 meses de pastelaria;


"Well behaved women rarely make history". It is not a sentence with a touch of negative rebel feelings as it might seem. To me, it means not forgeting about all the women who faught for my right to vote, to equality and for not needing a mans approval to walk around.
It means telling my own story in a way that makes me more complete, happy and with a clean conscience. It means not doing what everybody wanted me to do just because they expected me to, although they had the best interests and reasons in dreaming big goals for me. It was not what I wanted, so I didn't do it.
I am indescribably happy even though I have no money. I live on the destiny I write everyday, on making my dreams come true and on the battles I fight.
It was really hard to cut the umbilical cord with a dad who wanted me to be an Air Traffic Controler, a doctor or a Lawyer. It was hard to explain that I aspire to a much simpler life, although filled with battles and struggles.
It was hard explaining a grandfather that he didn't have to bring me food from the grocerie shop because being a "freelancer" doesn't mean starvation.
Many friends of mine still don't understand my way of living, and I am ok with that, cause I sleep well at night.
Make it happen! Live now. Cry a little, scream and feel desperate if you have to. I believe there is a light at the end of the tunnel worth fighting for.
Happy 2014!
Love, Lu*

Goals for the new year:
- Surround myself with people who believe in your dreams;
- Stay motivated;
- Embrace failure as you learn new things;
- Stop trying to control everything;
- Make up for the time I didn't spend with my friends in 2013;
- Be healthier, hike more, drink more water;
- Learn how to take vacation, learn how to stop and rest, learn how to say NO.
- Pay off credit card debt;
- Learn how to save money;
- Get enrolled at a 6 to 9 months bakery school;

9 comentários:

  1. Adorei a tatuagem, achei super gira a ideia das palavras estarem todas juntas e, claro, o sentido da frase :) concordo perfeitamente e acho que tem tudo a ver contigo..Olha, eu, sinceramente, às vezes invejo a vida dos freelancer, não ter aquela rotina sempre, não trabalhar sempre com as mesmas pessoas, não estar sempre nos mesmos sítios, torna a vida muito mais desafiante e, portanto, mais engraçada e feliz ;) não se cai na monotonia e isso é tão importante! Continua a seguir os teus sonhos e que alcances todos os teus objectivos em 2014 **

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito da tatuagem! Feliz 2014! :)

    ResponderEliminar
  3. (Querida, num dos meus posts disseste que dava para ver a tua casa de uma das fotografias, fiquei super curiosa, qual é a fotografia? :P vives num sítio bem nice certamente! é engraçado, eu achava que vivias na Alameda...)

    ResponderEliminar
  4. Estou a ver que temos algumas resoluções parecidas, principalmente a de "ser mais saudável" e "poupar dinheiro". A propósito, enviei-te um desafio para o e-mail aqui do blog que está relacionado com esse tema. ;)

    Btw, adoro a tua tatuagem!*

    ResponderEliminar
  5. Que bonita declaração de amor próprio. Adoro a tatuagem e o sentido que ela tem para ti e para todas nós.

    Beijinhos,

    Clênia Daniel.
    cleniadaniel.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Muito bom o post gostei muito essa tatu amei !

    ResponderEliminar
  7. Excelente post. Já está marcado nos meus favoritos, irei recomendar para a redação do
    jornal para uma pauta, gostei muito bom.

    Fernanda Araujo - Swing
    Analista de programação swing para Site de Swing no jornal do povo

    ResponderEliminar