Me, by Liliana Lourenço

Conheci a Liliana através do desafio do GiggleSutra. Amei a sua ilustração a partir do momento em que a vi, mas senti-me ainda mais ligada a ela no momento da sua entrevista para o vídeo/documentário do nosso Giggles (o vídeo está a ficar bonito, embora que devagarinho. Edito um bocadinho em cada hora livre, por isso, não pensem que nos esquecemos... só vos pedimos mais um bocadinho de paciência).
A nossa química foi gira e imediata, e divertimo-nos tanto. Depois, o gato dela, o Charlie, também gostou de mim, e isso deixou-me feliz.
Enquanto olhava à minha volta, para todas as ilustrações que ela tem nas suas paredes, apaixonei-me por uma em particular, a que vêem aqui em primeiro lugar. Quando lhe perguntei o que é que aquela imagem significava para ela, ela explicou-me que mesmo a menina tendo a boca diferente, que ela conseguia ver toda a beleza que dela emanava, que esta menina era muito, muito especial, enquanto que provavelmente, os outros a veriam como feia. Eu vi-me naquela imagem logo ali. Enquanto cresci em Faro, tive um problema gravíssimo de acne, e a verdade é que a minha alcunha era muitas vezes "a feia". Eu era a menina que gostava de desporto, que eventualmente se vestia muito como um menino, que não teve mamimas até aos 16/17 anos, e que tinha sempre o cabelo a tapar a cara. Eu sentia-me feia... e triste, porque achava que ninguém me entendia, que ninguém fazia o mínimo esforço, o quão sensível eu era, e o quanto eu sofria com o bullying verbal.
Eventualmente, cresci forte, mudei-me para outra cidade, fiz a minha verdadeira família de amigos, e 10 anos depois de estar em Lisboa (10 anos este ano! yay!), conheço-me melhor que nunca. Também acabei por encontrar o dermatologista que pôs fim ao meu sofrer, queimei a maior parte das minhas fotografias, deixando apenas algumas que me lembrassem de onde vim. Mas aqui, eu já era um novo eu.
Então chegou o pedido... e pedi à Liliana que me ilustrasse, na forma como ela me vê. Não quis dar-lhe detalhes ou pedidos especiais. Queria a sua arte tal como ela a pensasse, e pagaria por isso.


I met Liliana through the GiggleSutra challenge. I loved her illustration from the very beginning, but felt even more compelled to her when I went to her home for her interview (the video is coming along slowly, every time I have a few free hours. I am sorry for the inconvenience, but our promise is being kept. Please be patient).
We instantly connected, and we had so much fun. Then, her cat Charlie liked me, and that made me happy.
While looking around at all the illustrations she had, I fell in love with one in particular, the one you see here first. When I asked her what it meant, she said that even though the girl had her mouth different, she could see extreme beauty in her, and that she was a very special girl while others might see her as "the ugly". I saw myself there. Growing up in Faro, I had such a huge acne problem during my adolescent years, that I was called "the ugly". I was a girl who liked sports, who eventually dressed like a boy, no breasts until 16/17, and hair covering my face. I felt ugly... and I was sad that most people didn't see how sensitive I was, and how much I suffered from the bullying.
Eventually, I grew stronger, moved to another city, made my true family of friends, and 10 years after being in Lisbon, I know myself better than ever before. I finally also found a doctor who cured my acne, and burned my most terrible pictures, only saving a few, to reming me of where I came from. But here, I had a new me.
So the request came... and I asked Liliana if she could make an illustration of me, the way she saw me. With no special details from my side. I wanted her art just as it came from her hand, and I would pay for it as well. 
O resultado deixou a minha cabeça a andar à roda. Estava mesmo maravilhada com tudo. Sou eu, e os meus bebés, que amo com todas as minhas forças. Ao ver, as escolhas dela, é claro que não resisti a pedir-lhe a sua interpretação para esta ilustração, e aqui está a sua resposta:
"Falando da tua ilustração, a imagem de inspiração, claro que sabes qual é. : )
E aquelas melissas são lindas.
Um misto de sedução e mundo encantado. ; )
Inicialmente, na minha cabeça, não tinha em mente colocar-te com um ar sorridente.
Mas a verdade é que a primeira coisa que me vem á cabeça quando me lembro de ti, é que estás sempre a sorrir. Sempre.
És muito simpática e de um modo transparente, com um riso fácil.
Acho que isso é algo que muito te caracteriza fisicamente.
Então desisti de tentar forçar algo ou tornar as coisas muito teatrais, porque não sentia que tinha a ver contigo.
Mesmo a foto na qual me baseei, acho que está muito bonita e muito bem tirada, mas como não estás a rir, não pareces bem bem tu.. ; )
Coloquei os gatos porque sei que gostas de animais e que tens uma admiração e um carinho especial pelos teus 2 gatos. Então achei que era injusto não reservar um espaço para eles.
Os nossos animais, são aquele tipo de 'amigos' que nunca nos incomoda vê-los junto a nós, nas nossas fotos ou nas nossas lembranças. Há pessoas que têm animais só por ter, e há outras que os têm e que até gostam deles mas não faria sentido colocá-los na ilustração. Neste caso específico, senti que eles tinham que entrar.
Porque seja agora, seja daqui a 10 anos, independentemente do rumo que a vida tome, tu vais lembrar-te deles com o mesmo carinho.
E uma coisa é certa: nunca te passará pela cabeça rasgar a ilustração pela metade ou partir o vidro da moldura com o salto das Melissas, só porque não te apetece ver a cara dos animaizinhos junto ao ti... 'né? : )
Para finalizar, a figura do pássaro nas minhas ilustrações, assume papéis sempre diferentes. Aqui vem apenas reforçar uma certa calma e uma certa magia, que me deu a sensação que te acompanham no teu dia-a-dia, onde as coisas são encaradas de ânimo leve. E sinceramente Ana, espero que continue a ser assim. ; )
E é esta a imagem que tenho de ti. Pelo teu blog, pelas conversas via Facebook e por aquela tarde inesquecível de filmagem, que ainda estou para ver o que vai sair dali...
Só aquela figura que eu faço na parte das palmas, diz tudo.. Mas pronto. Eu continuo a ser um ser vivo muito feliz. : )"
Obrigada, Liliana. Estou apaixonada, e mal posso esperar para a meter na parede.
Love, Lu*

The result made my head spin, as I was truly amazed with it. Its me, and my babies whom I love with all my life. Like everyone else, I guess, I asked her the meaning for my illustration, and she answered:
"You know where the inspiration came from. And those Melissa sandals are beautiful. :) 
It's a mix of seduction and enchanted world. :D
Initially, I wasn't thinking of drawing you with a smile on your face, but the thing is that when I imagine you, you always have one. You are always smiling. 
You are so nice, transparent and with an easy laugh.
I believe that is something that really is characteristic in you. And so, I decided not to try and make things too theatrical, and give you a big smile. Even in the pic you have of you, it is lovely, and really well taken, but I feel like something is missing.
Then, I chose to include your cats because I feel the love you have for yours. So it was only fair that I'd save some space for them.
Our pets are those kinds of "friends" that we never mind seeing next to us in pictures. There are people who have them just to have them, and it wouldn't make sense on having them there, but not with you.
And then, this is the kind of thing where you'll never have the urge to cut the illustration in half or break it with the Melissa sandals just because you don't want them there anymore, right? :)
Finally, the bird is a thing of mine, and it assumes different meanings in every of my illustrations. here it reinforces the calm and magic that I feel that are in you every day. And I hope things keep on going that way. :)
So this is the image I have of you. For your blog, for the Facebook conversations we have, and for that unforgettable experience of having you filming me at my place, and that I am still waiting to see what'll come out of there. Seriously, me clapping my hands, it says all. But I am a very happy living being. :)"
Thank you, Liliana. I am in love, and can't wait to put it on my wall.
Love, Lu*

4 comentários:

  1. Está espectacular!!! Não só a ilustração mas também todo os detalhes escritos.
    Cada vez tenho mais a certeza que és uma força da natureza e uma inspiração também :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh minha querida! Obrigada :D
      Gosto muito de ti x1000!
      A tua ilustração também vai para a minha parede! Vou contar-te um segredo: Estou a mudar de casa! Em breve vês o resultado!

      Eliminar
  2. Está um espectaculo :) tem muito talento a Liliana, está mesmo parecida contigo :) gostei muito *

    ResponderEliminar