Visiting Bloglovin HQ




Durante o meu tempo nos Estados Unidos, tive também a oportunidade de conhecer a sede do Bloglovin! Tudo começou há uns meses atrás quando fui contactada por Skype por um dos membros da equipa. Antes de mais... a surpresa por ter sido contactada (sentir que uma plataforma tão grande sabia que eu existo, foi algo de feliz e inesperado). Depois, a simpatia com que fui recebida, e por fim, as dicas e a partilha que tivemos durante quase uma hora. No final da chamada, disse que iria a Nova Iorque daí a uns dois meses, e ficou agendada uma visita logo nesse instante, sem pestanejar.




Ao chegar a Nova Iorque, fomos muito bem recebidos pela Fionna. Passeámos por um bocadinho, ela levou-nos a Bryant Park, e ainda nos convidou para jantar.
Lá, agendamos certinho a minha visita à sede para conhecer tudo, e, mal sabia eu, conhecer até um dos co-fundadores.


Já na sede, o Johan e a Fionna (que gerem o departamento de comunidade da Bloglovin) foram fantásticos. A sede fica no Meatpacking District, que é uma zona muito in the Manhattan, mesmo junto à High Line, onde eu e o Miguel fizemos estas fotos.
O escritório é de facto um sonho. Provavelmente o meu escritório de sonho. As paredes de tijolos (que aprendi com o Johan que existem porque antigamente ficava mais barato construir os prédios uns ao lado dos outros e usar sempre a parede que já lá estava do anterior, juntando depois só as restantes), as janelas altas, a decoração moderna e minimalista... A luz que entra naquele local, senhores!

Quando eu me preparava para me sentar, chegou o Mattias, um dos co-fundadores da Bloglovin, e todos começaram a vestir os casacos. Não percebi a principio onde estávamos a ir, mas foi com surpresa que daí a poucos minutos estávamos os 5 a beber chocolate quente num café perto da sede.
Juntos, falámos do Doce para o meu Doce, do que se tem estado a passar com ele, as colaborações, os passeios, o facto de ter entrado para o IOL, as parcerias que têm vindo a criar-se... Depois, falámos sobre o Bloglovin, e sobre a sua história desde o princípio. Ouvi-os atentamente e tentei beber o máximo de informação possível. Quando começaram o projecto que um dia seria o Bloglovin, ele estava muito longe de ter o sucesso que tem hoje. Tiveram várias ideias atrás de ideias que foram rejeitadas, deitadas fora, mas nunca, nunca desistiram.

A forma aberta como conversámos sobre estes assuntos, até os mais sensíveis, inspirou-me grandemente. Saber que não tiveram nada oferecido, que tudo o que hoje representa o Bloglovin e o quanto cresceu veio de tanto trabalho e luta... e que hoje estão em Manhattan a trabalhar e com já vários escritórios pela Europa e EUA, fez-me realmente sentir que estou no caminho certo. Fez-me acreditar mais em mim e nas batalhas que travo diariamente para continuar a ser self-employed, minha própria chefe, com projectos que ainda são tão pequeninos mas já com tanto amor.
Depois, ensinou-me a agradecer mais vezes. Falámos de alguns blogues muito grandes dos Estados Unidos que já os mencionaram no passado, que usam a sua plataforma e o quanto os ajudaram a crescer. Eles fizeram-me sentir que não se esquecem nunca de quem lhes tem carinho.

O nosso lanche foi maravilhoso... do princípio ao fim. Partilhámos ideias daquilo que é o Doce e daquilo que é o Bloglovin, falámos do ponto de vista dos blogues em Portugal e de como o Bloglovin é visto cá.
O que me deixou mais derretida, foi o sentido de comunidade. Sentir que aquelas três pessoas tiraram tempo das suas vidas e do seu trabalho, das suas reuniões para beberem chocolate quente comigo e com o Miguel. Dois simples humanos, uma blogger pequenina... e saber que importo para estas pessoas.

Quando pensava que estava na hora de terminar a tarde, fui ainda convidada para um momento recorrente de team building na sede... é que durante a hora de trabalho, ninguém deve nem pode incomodar as abelhas trabalhadoras que dão vida à Bloglovin... Mas no final do dia, acontece o "Fika": Uma tradição sueca (sendo que a Bloglovin é sueca, assim como o Mattias e o Johan), onde todos terminam o trabalho e se juntam à volta de uma mesa para conversarem, criarem laços e descomprimirem de um dia intenso. Desta vez, como o Johan tinha acabado de chegar de uma visita a casa na Europa, trouxe uma data de coisas boas, e tradicionais.
Depois do Fika, todos podem ir para casa, ou continuar no escritório. A Bloglovin dá a liberdade aos seus trabalhadores de fazerem o seu trabalho como melhor lhes convier e nos horários em que são mais produtivos, com a regra de que em dia X, o objectivo tem de estar cumprido.

Como jovem empreendedora que me considero, e com um longo caminho a percorrer, isto fez-me TODO o sentido do mundo.
O meu pior pesadelo sempre foi a questão das horas de trabalho em consonância com a criatividade e produtividade. Não consigo mudar o facto de que não produzo NADA da parte da manhã. Mas que se começar a trabalhar às 15h, não paro até ter os meus objectivos cumpridos, e trabalho com gosto. Ora, como devem perceber, sempre fui extremamente infeliz num trabalho das 9h às 17h. Tinha de ser, e dava o meu melhor, mas carburava sempre em modo speed a partir das 14h30/15h00. É simplesmente a forma como estou programada. Na faculdade nunca acordei de manhã para estudar, mas sempre adorei colar-me aos livros depois de jantar, e só assim é que estudava com prazer.
Quando já tenho projectos em que preciso de sub-contratar, esse é o espírito que tento sempre incutir: Não preciso que me digas se estás a trabalhar ou não, não preciso de saber se preferes trabalhar de manhã ou de noite, ou de pernas para o ar. Faz com carinho e com paixão, ao teu tempo, estou aqui se precisares de mim.

Este é o Mattias! Na foto acima! Depois do nosso lanche, ele despediu-se de nós e vi-o a cada 15-20 minutos, a sair de uma reunião e a entrar noutra, a sair e a entrar, e a sair e a entrar. Trabalho, dedicação... sonhos. E que pessoa querida! Tivemos a oportunidade de falar também sobre as saudades de casa. E o Mattias já mal podia esperar para ir ter com a família. É que Manhattan é uma cidade maravilhosa, mas a família continua a ser tudo no mundo.
As próximas fotografias são já depois do Fika e de quem ainda ficou a trabalhar. Equipa jovem, bem disposta, internacional.
Obrigada, Bloglovin! A visita foi uma grande inspiração para mim, e conhecer-vos pessoalmente ainda mais. Espero que este primeiro contacto seja um de muitos, e que 2015 nos traga mais visitas, mais encontros, e quem sabe... projectos!
Love, Lu*


PS: Só uma observação muito tolinha... mas eu ADORO o sorriso do Miguel na primeira fotografia. Aquele, meus senhores e senhoras... é o amor da minha vida. E é com aquele sorriso tímido que quero viver para sempre. Obrigada a ti Miguel, por me teres acompanhado nesta tarde, quando nem sabias bem o que era o Bloglovin! Todos gostaram muito de ti, e tu sabes*.


During my stay in the US, I also had the chance to see the Bloglovin HQ! Everything started a few months ago when I was contacted through Skype by a fellow worker from Bloglovin. Before I start, I have to say that I was happily surprised (being contacted by such a known platform, when I'm here in my small corner... wow.), then, the sweet way how I was treated, and learning that my opinion mattered, the way we shared ideas and even chatted about other blogs we liked in common. By the end, I said that I was actually going to Manhattan in about two months, and without blinking, I was invited to visit them when there.
Arriving in NYC, we were really well welcomed by Fionna. We walked a little, she showed us Bryant Park and the ice skating ring and invited us for dinner.
There, we settled the time for our visit, to meet everyone.
On the HQ, Johan and Fionna (from the community dept) were super sweet. The Bloglovin HQ is in the Meatpacking District, near the High Line where on the same day me and Miguel did these pics.
The office is to die for. Big, with high brick walls (which Johan explained me that exist because it was cheaper back in the days to make buildings using the outside walls of the ones that were already there before), the decor is very minimalistic but with just about enough. And the light that gets in those windows guys... wow.
As I thought we were going to sit down and chat, Mattias, one of the co-founders also arrived and took us to have hot chocolate. Seriously, if you take me anywhere for hot chocolate, I'm your best friend forever. On my way I was actually thinking "gosh, I could really have some hot chocolate right now, but I'll maybe ask for some tea to look more professional and grown up". But then, we sat, and Mattias asked for hot chocolate! Ok... he made my day.
Together, we spoke about Doce para o meu Doce, about how its been growing in a very beautiful way, and about Bloglovin, and its struggles since the beginning. It was actually SUPER inspiring to know that life wasn't easy at the very start. Before being Bloglovin, they had several ideas that people weren't accepting or thought weren't good enough. It was so inspiring to see that they fought for their ideas and dreams, and never, ever gave up until they became what they are today. It really inspired me, as a small business owner, to be strong, to believe in myself. Good things can happen to those who believe.
Also, they made me see that you should always have a good dose of thankfulness. That they don't forget the big blogs of today that liked them and spoke about them, shared their message and helped them. Or their friends who first tried Bloglovin and helped them be better.
I should say thank you more times. So thank you... to all of you who read me. 
When I thought we were about to leave, I was invited to a vey special moment at the HQ. 
So, when the busy bees are working, you do not interrupt them. Let them concentrate and do their thing. But at the end, there is something called "Fika". A Swedish tradition brought by the Swedish members of the team, where all the team gets together around a table for a moment of relax, decompress and hanging out with each other. Johan had just come home from Sweden, and even brought a few delicacies to everyone.
After Fika, you can choose to go home or stay. Bloglovin gives their staff a task, a goal to achieve, and the liberty for people to work on it at their own pace and productive ways until the final deadline, where the task has to be completed.
As a young entrepreneur, this made ALL sense to me.
My worst nightmare had always been working ours and productive hours. I can't change the fact that I'm a lousy worker during the mornings, but that I work really well during the afternoon and night. It's just the way I'm wired. Even when I was a student. I could never wake up with the purpose of studying. But would gladly do so during the night. So I've always felt miserable on jobs from 9 to 5. I always did what I was supposed to, but it could have been even better if I had done it the way they do at Bloglovin.
So it inspired me for when I have my workers one day. Nowadays, if I need a backup photographer, or my editor to work with me, I never make them have another work time rather then the one they are productive on. Work well, work with passion, be creative, have it done, I'm here if you need me. Things have been going great, and I feel like people also enjoy each job more.
On the picture above, the person by himself is Mattias. After the hot chocolate moment, he said goodbye and I saw him in and out and in and out meetings every 15 to 20 minutes. Working hard, dedication, dreams... At the end we had the chance to talk about family, and he couldn't wait to go home and see his in Europe. Its true that Manhattan is an amazing place to live, but there is nothing like family.
The last pics were taken after the Fika, with the people who stayed longer. They were so nice to me.
Thank you Bloglovin. I had a great afternoon, you were such an inspiration to me and my projects. I hope we get to see each other again soon, and who knows, with fun projects happening together.
Love, Lu*

PS: Just for a silly observation, I love Miguels smile on the first pic. That person, ladies and gents, is the love of my life. And its with that shy smile that I want to be with forever. Thank you to you too, babe, for coming with me to the HQ that afternoon, even when you didn't know much about it. Everybody liked you a lot, and you know it.

5 comentários:

  1. Estiveste com a Carolina do blog fashionsquad? É a namorada do Mattias e adoro o blog dela ;)
    Que ótima experiência esta. Parabéns.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. És uma fonte de energias boas❤️

    ResponderEliminar
  3. Só para dizer que graças a este post descobri o que é o bloglovin' e estou a experimentá-lo!
    :)

    ResponderEliminar
  4. és mesmo ENORME rapariga :) deve ter sido uma experiência única, tão bom!

    ResponderEliminar