O lado maluco da vida // The crazy side of life


Tenho de vos pedir desculpa por ter desaparecido do mapa nos últimos dias.
Estou com muito trabalho para pós-produzir/editar, o que me tira muitas horas, e estou em mais algumas aventuras que vão brotar em breve.
Sinto que tenho uma estrelinha a olhar por mim durante estes tempos que correm no país. Não me posso mesmo queixar, e se o faço, acreditem que é de uma maneira feliz. Adoro passar horas a editar fotografias, e sou tão e tão agradecida por esta força de atracção que tem trazido cada vez mais pessoas a conhecer o meu trabalho.
Este ano vou ter uma grande viagem internacional! E mais não vos posso dizer.
Não se esqueçam de mim! Volto já já!
Love, Lu*

Foto por: André - Lisboeta Italiano

I have to apologize for being away for the last few days.
I have loads of work to edit, what takes me away long hours, and I am also involved in new adventures I'll show you really soon.
I feel like I have a little star watching over me during these hard times we are living in the country. I really can't complain, and if I seem to do it, its in all good ways. I love spending my time editing photos, and I am so thankful for this kind of magnetic force that has been bringing more and more people to get to know my work.
I will be doing a really great international trip this year! And for now I an't tell you more.
Don't forget about me, cause I know I won't! Be right right back!
Love, Lu*

Photos by: André - Lisboeta Italiano

Golden Rules to be PRODUCTIVE


Em tempo de férias, muitas de nós continuam a trabalhar. Com o sol a brilhar e o calor a apertar é fácil dispersarmo-nos e começarmos a acumular tarefas, desorganizarmo-nos e lá vai todo o trabalho feito até à data por água abaixo!
Porque nem sempre é fácil, deixo-vos aqui algumas regras de ouro para que mantenham os vossos dias produtivos e positivos:

ESTABELECE PRIORIDADES!
Às vezes os métodos antigos são os melhores. Eu, se não fizer a minha lista semanal de tarefas, fico perdida. É fácil esquecer o que é mais importante e distrair-me com outras coisas. Façam uma lista de prioridades! Eu gosto de avaliar minha lista com "***" para o mais importante e "*" para o menos importante. Vendo o progresso na realização dos objectivos estabelecidos, faz-me sentir mais produtiva, mas também me ajuda a perceber o que consigo realmente concretizar todos os dias. Podem usar aplicações como Google Calendar e Evernote, ou então recorrer à velhinha agenda!

ESCOLHE SER MONO-TAREFA
Em vez de fazer mil coisas ao mesmo tempo, de certeza que será mais produtivo, concentrar o foco numa tarefa de cada vez, escapando assim facilmente à adversidade, concentrando energia interior, sendo conscientemente mais produtivas. Aconselho a escolherem a parte do dia em que sentem que são mais produtivas e focar as vossas energias a 100% nesse período. Aconselho também a criarem um sistema de pequenas pausas, porque ninguém é de ferro e por muito que estejamos motivadas, o cansaço por vezes tem mais força.

NÃO TE AGARRES DEMASIADO À PERFEIÇÃO
Eu tenho um problema com este ponto. Nem sempre o consigo respeitar e isso dificulta a concretização do meu trabalho. O ideal é pensar que o melhor projecto, é o projecto concluído, porque buscar eternamente pela perfeição, pode fazer com que o projecto fique para sempre na prateleira.

VERBALIZA OS TEUS OBJECTIVOS
Idealizar novos objectivos, metas, projectos, é sempre animador. Infelizmente também é fácil esquece-los ou até mesmo duvidarmos de nós mesmas. Precisamos de apoio para conseguir alcançar os nossos objectivos. Falar com uma amiga sobre esses projectos, ajuda a mantê-los reais. Só o facto de falarmos sobre os nossos projectos em voz alta, ficamos mais perto deles.

COMEMORA AS TUAS CONQUISTAS
Comemorar as nossas conquistas, pode ser muito motivador. Aproveita estes momentos para expressar gratidão para com os teus esforços. Isto ajuda-nos a mantermo-nos positivas e acreditarmos sempre nas nossas valências. Não deixes de celebrar o momento, mesmo que seja uma pequena recompensa! Sê criativa!

NÃO DESPERDICES TEMPO
Tentem não desperdiçar o vosso tempo em actividades viciantes, como redes sociais ou jogos. Normalmente, tenho horas específicas para me pôr ao corrente das minhas redes sociais, Facebook, Instagram, Pinterest e Email, porque sim são importantes mas podem ser uma armadilha de tempo! Regra geral sigo o seguinte esquema: pequeno-almoço para Facebook e Instagram, meio da tarde para Emails e noite para Pinterest. Claro que vou intercalando um olhinho rápido entre tarefas (não resisto), mas quando não sigo esta regra o mais que certo é perder um par de horas (ou mais!) sem dar por elas!

A verdade é que nem sempre consigo seguir estas regras à risca! Mas tento pensar nelas como um mantra, para me manter no caminho certo e me relembrar que os meus objectivos podem estar ao alcance da minha mão. Para isso, tenho que fazer acontecer, respeitar horários, ser produtiva, evitar o stress e só assim continuar no caminho para atingir o sucesso que tanto almejo.
Boas férias e bom trabalho!
Fedra

Autora: Fedra // Fotos: Fedra


It’s Summer time but many of us continue to work. With the sun shining and the fierce heat it’s very easy to get lost and start accumulating tasks, get unorganized and see all that work done to date going down the drain!
Because it is not always easy, I leave you here a few golden rules to keep your day productive and positive:

Establish priorities!
Sometimes the old ways are best. If I don’t do my weekly to-do list, I'm lost. It's easy to forget what is most important and distract myself with other things. Make a list of priorities! I like to review my list with *** to the most important and * to least important. Seeing the progress towards achieving the objectives set, makes me feel more productive, but it also helps me realize what I can actually finish every day. Use applications such as Google Calendar and Evernote, or resort to the old fashioned organizer!

Choose to be single-task
Instead of doing a thousand things at once, for sure it will be more productive, concentrate the focus on one task at a time. This way you’ll escape easily to adversity, focus inner energy and consciously be more productive. I advise to choose the part of the day where you feel more productive and focus your energies to 100% in this period. Also advise you to create a system of small breaks. Everyone needs a break and exhaustion just will not help you in any way.

Do not cling too much to perfection
I have a problem with this point. Don’t always respect it and this does not make my work easy. The ideal is to think that the best project is the completed project, because an eternal search for perfection can make the project to stay on the shelf forever.

Verbalize your goals
Idealize new goals, projects, is always exciting. Unfortunately it is also easy to overlook them or even doubting ourselves. We need support in order to achieve our goals. Talking with a friend about these projects helps to keep them real. Just the fact that we talk about our plans aloud, we get closer to them.

Celebrate your achievements Celebrating our achievements can be very motivating. Take advantage of these moments to express gratitude to your efforts. This helps us to keep ourselves positive and always believe in us. Do not forget to celebrate the moment, even if it’s a small reward! Be creative!

Don’t waste time
Try not to waste your time on addictive activities such as social networks or games. I usually have specific hours to check my social networks, Facebook, Instagram, Pinterest and Email, because they are important but can also be a trap of time! Usually I follow the following schedule: breakfast for Facebook and Instagram, midafternoon for Emails and night to Pinterest. Of course I take a little peak between tasks (can’t resist), but when I do not follow this rule I will lose a couple of hours (or more!) without noticing them, for sure!

The truth is that it’s not always easy to follow these rules! But I try to think of them as a mantra to keep me on the right track and that remind me that my goals may be within reach of my hand. To be able to continue on the right path to achieve the success I crave, I have to make it happen, respect schedules, be productive and avoid stress.
Happy holidays and good job y’all!
Fedra


Author: Fedra // Photos: Fedra

Your moments, your life, one box!



Estou atrasada neste post, mas tão e tão feliz!
Se seguem o Facebook do Doce para o meu Doce ou o da Giggles, já devem ter sido inundados de informação sobre o nosso querido Giggles Party Pack... ainda assim, não poderia nunca deixar de falar-vos sobre ele aqui.
Este é o nosso mais recente bebé. Meu e da Cíntia. E agora pode também ser vosso.
O Giggles Party Pack é um regresso ao simples, ao contar histórias, à partilha de emoções com os nossos amigos mais próximos e familiares mais chegados. É um pouco de "agora" e de "já" com instaxes, e de mensagens que ficam para a vida através do nosso álbum feito à mão.
A juntar à diversão, há canetas, washi tapes, bolinhas de esferovite!



Testámos o Giggles Party Pack pela primeira vez na minha festa de anos. Ainda não era nem um bocadinho do que é hoje, mas o objectivo foi testar a interacção dos meus amigos e família com a ideia destes objectos. Foi tão divertido ver toda a gente a tirar fotografias, a tirarem um bocadinho do seu tempo para colarem as mesmas no álbum, a escreverem algo do coração. Ao terminarmos aquele momento, sentimos que tinha sido um máximo. Mas foi à noite, ao deitar-me na cama e finalmente folhear cada página que me apercebi de que tínhamos ali algo que tinha de ser recriado, e partilhado. Entre lágrimas de felicidade (estou farta de dizer que sou uma chorona), e gargalhadas, mandei uma mensagem à Cíntia. Tinha resultado. A nossa ideia devia seguir em frente.




O passo seguinte foi contactarmos a Fujifilm Portugal. Queríamos que as instaxes tivessem a pinta das mini 8, e foi com alegria que fomos recebidas, e ajudadas a ter a ideia a crescer (obrigada Fujifilm!).
Hoje estamos aqui, com um miminho para vocês. E deixem que vos diga que prevejo muita felicidade dentro destas pequenas caixinhas... é que nós pensámos em muitas ideias que podem ser concretizadas com elas, mas ainda há todo um mundo de outras que podem ser vocês a descobrir!





Da nossa cabeça, vemos um Giggles Party Pack a ser o rei de:
- Festas de aniversário;
- Despedidas de solteira (com a foto-reportagem ao longo do dia + mensagens das amigas);
- Casamentos (como livro de convidados, ou simplesmente como recordação extra);
- Baptizados;
- Viagens (relato + fotos de uma ida aos Açores ou à Índia!) - Obrigada Duarte, e Vera, e Inês e César!;
- Livro de convidados que visitam a nossa casa (eu dou-lhe esta utilidade! Sempre que tenho um grupinho de amigos, tiro-lhes uma foto e peço-lhes um texto sobre a experiência, uma mensagem divertida)...
- e tantas outras coisas!

Para já a encomenda é feita através do email e do Facebook (falem connosco! iwantgiggles@vint3.com)... mas preparem-se, porque a Cíntia está a cozinhar o site mais fofinho do mundo, com a loja online mais perfeita de sempre! Lá, poderão encomendar qualquer um dos produtos da Giggles, assim como mais goodies para completarem o vosso Giggles Party Pack. Depois, claro, temos um espaço reservado para o blog, tweets, e coisas que vêem depois, pelos vossos olhos!
Para já, olá Giggles Party Pack... espero que faças muitas festas brilhar! Olha, gosto de ti.
Love, Lu*

PS: Sérgio, o nosso site não seria nada sem os teus skills! Obrigada. Muito, muito obrigada.


I am late on this post, but so and so happy!
If you follow the Facebook pages of Doce para o meu Doce or  Giggles, you have probably already been introduced to our sweet Giggles Party Pack... but still, couldn't not write about it here.
This is mine and Cintia's most recent baby. And now it can also be yours.
The Giggles Party Pack is all about returning into being simple, to telling stories, to sharing emotions with our closest friends and family. It is a bit of "right now" with the instax photos, and messages that live forever in our handmade album.
To add some fun to it, there are pens, washi tapes and foam bubbles!
We tested the Giggles Party Pack at my birthday party. It wasn't a bit looking like what it is today, but by then we really wanted to test the interaction of my friends and family to these basic but fun objects.
And it was so much fun seeing them taking pictures, taking a bit of their precious time to put them in an album and writing something that came from the heart. By the end of that moment, we felt like we had had a blast. But it was only at night, when I finally got to bed and started to read through those pages that I realized that our idea had to be recreated and shared. So between tears (i've told you I cry a lot, right?) and laughs, I texted Cíntia. It had worked. Our idea should really go on.
Our following step was to reach Fujifilm Portugal. We wanted our instaxs to be as cool as the ones from the mini 8, and we were received with joy and gladly helped on our ideas (thank you Fujifilm!).
Today were here with something for you. And let me tell you that I believe that there is a lot of happiness hidden inside every of this little boxes... and that we thought of a bunch of possibilities where you can use them, but still, there is so much that can be thought and made by you!

From our ideas, we can totally see the Giggles Party Pack being the king of:
- Your birthday parties;
- Bachelorette parties;
- Weddings (as a creative guest book, or just because you want to add more fun);
- Christenings;
- Trips/Vacation (by telling the story of one certain trip you took!) - Thank you Duarte and Vera, and Inês and César;
- As a guest book at home, where you take a picture of your friends at the table, and then invite them to write about the good food you served, and the entire experience)
- and so much more!

For now, ordering can only happen through email or Facebook (talk to us at iwantgiggles@vint3.com), but prepare yourselves, because Cíntia is creating the cutest website and online story alive! There you will be able to order any Giggles product, as well as more goodies to make your Giggles Party Pack even more special. Then, there is also a blog space for our story telling and crazy adventures on entrepreneurship, tweets, and more things you neet to see with your own eyes!
Right now, hello Giggles Party Pack... I hope you make every party shine! And oh... I like you.
Love, Lu*

PS: Sérgio, our site would never be the same without you! Thank you! Thank you SO MUCH.

Details: Our Living Room




Hoje queria partilhar convosco pedaços do nosso cantinho.
Está quase quase lá. Mas estou feliz.
Love, Lu*

Today I wanted to share pieces of our home with you.
We are almost there on the decor, but not there yet. But I am happy.
Love, Lu*

Fotos // Photos: Marta Dreamaker

IKEA FRAMED QUOTE


Olá a todos!
Hoje trago-vos um DIY de um painel que já namorava há bastante tempo. Tenho visto esta citação em várias lojas de decoração por Lisboa e também online. Parecia que me perseguia, de tal forma que comecei a magicar como a poderia fazer, porque as placas que tenho visto não são propriamente em conta.
Inicialmente pensei em fazê-lo numa tela, usando a mesma técnica que usei aqui. Mas como sempre tento sempre perceber primeiro se tenho em casa algo que possa utilizar ou reutilizar. Lembrei-me que tinha uma moldura Ribba da IKEA, que há uns tempos tinha tido um pequeno acidente. Com o painel frontal partido, e estava encostada a um canto.


Pareceu-me perfeito! Se não resultasse tinha sempre a hipótese da tela, ou podia até mesmo utilizar uma placa de madeira reciclada, que resultaria de certeza.
Arrisquei, afinal não tinha nada a perder!
“An essential aspect of creativity is not being afraid to fail” - Edwin Land (criador da Polaroid)
Adorei o resultado final e é tão simples de executar. Ficou com aquele aspecto meio rústico E envelhecido, mas também moderno, como gosto. 



Para fazer este DIY precisam de:
Painel interior de moldura (ou uma tela)
Tinta acrílica preta
Pinceis
Régua
X-ato
Folhas autocolantes
Fita-cola (opção)
Lixa (opção)
Citação (podem fazer o download desta citação aqui)

1. Começa por imprimir e cortar da tua citação. 


2. Enquadra da melhor forma a citação no suporte que estás a utilizar. Aqui como a moldura tem um passepartout, comecei por marcar o limite do passepartout para perceber como enquadrar o restante.


3. Coloca as letras no painel e marca as margens a lápis e também as linhas que serviram de guia quando colocares as letras.

4. Cola as letras autocolantes. Também fiz uma moldura à volta da citação com fita-cola. Fica ao vosso critério se querem fazer ou não.



5. Pinta com a tinta acrílica. Como queria um aspecto mais rústico, só pintei uma demão de tinta e ficou óptimo. Se preferires uma cobertura mais uniforme, podes sempre dar duas ou mais demão, esperando sempre secar entre pinturas.



6. Espera secar quase na totalidade para retirar as letras de papel autocolante. Aqui não me importei nada que ficassem algumas manchas de tinta nas letras, porque contribuiu para um look mais desgastado e antigo o que me agradou. Claro que podem sempre retocar com um pincel mais pequeno para uma finalização mais perfeita. 
Para um look ainda mais desgastado, passa uma lixa fina (grão 120 ou maior), por todo o painel.

Nota: Limpa sempre os teus pinceis. Nunca deixes a tinta secar no pincel. A minha técnica para limpeza de pinceis com tinta acrílica é muito simples: basta passar bem por água e sabonete para as mãos e deixar secar numa posição horizontal, nunca na vertical (nunca deixo de molho). Tenho os mesmos pinceis há anos por isso garanto que resulta. Para outras tintas que não acrílicas, existem produtos de limpeza específicos que podem adquirir nas lojas de especialidade.



Adoro porque é alegre e festivo. Acho que se enquadra perfeitamente numa festa, mas também fica super elegante na decoração da sala, para um ambiente bem-disposto e alegre.
É garantida uma tarde bem passada e descontraída, porque não há nada mais relaxante e gratificante que fazer o que gostamos e gostar do que fazemos!!!
Beijjnhos a todos e não se esqueçam, DIVIRTAM-SE!
Fedra

Autora: Fedra // Fotos: Fedra

Hello everyone!
Today I bring you a DIY of a wood sign I was in love for quite some time. I have seen this quote in several Lisbon decor stores but also online. I see it all the time. It’s almost like it was chasing me, so I began thinking how I could do it, because the ones I have seen weren't cheap.
Initially I thought of doing it on a canvas, using the same technique I used here. But as always I first try to understand if I have at home something that I can use or reuse. I had one Ribba frame from IKEA, that had a little accident, the front panel was broken, and was stored on a corner. It seemed perfect!
I thought if it doesn't work, I can always do it on a canvas, or could even use recycled wood, that surely would result.
I took a chance, after all I had nothing to lose!
"An essential aspect of creativity is not being afraid to fail" - Edwin Land (creator, Polaroid)
I loved the final result and it is so simple to do. It has that aged and rustic look, but also a bit modern, as I like.

To make you’ll need:
Interior panel frame (or canvas)
Acrylic black paint
Brushes
Ruler
Craft knife
Sticker paper
Adhesive tape (optional)
Sandpaper (optional)
Quote (you can download this quote here)

1. Print and cut the letters of your quote.
2. Begin by framing the quote on the support you're using. Because the frame had a passepartout, I started marking the limit of the passepartout .
3. Place them in the panel and mark the margins and the lines that served as a guide when placing the letters.
4. Place your self-adhesive letters. I also made a frame around the quote with tape. Is up to you if you want to or not.
5. Paint with acrylic paint. I wanted a more distressed look, so just gave only one coat of paint and was it excellent. If you prefer a perfect coverage, you can always take two or more coats, waiting always to dry in between.
6. Leave it to dry almost completely and peel off the letters. I did not care for those few spots of paint on the letters, because it gave a more worn and aged look, which pleased me. Of course you can always touch up with a smaller brush for a more clean result.

For a really distressed look, you can use light sandpaper all through the panel.
Important: Always clean your brushes. Never let the paint dry on the brush. My cleaning technique for brushes with acrylic paint is very simple: just wash with water and hand soap and leave it to dry in a horizontal position, never vertically (never leave it soaking). I have the same brushes for years so I guarantee it works. For not acrylic paint, there are specific cleaning products you can purchase in specialty stores.
I love it because it is cheerful and festive. I think that fits perfectly into a party, but it’s also a super stylish decor for a good mood and happy living room.
It ensures a well spent and relaxed afternoon, because there is nothing more relaxing and rewarding than doing what you love and loving what you do!
Kisses everyone and don’t forget, HAVE FUN!
Fedra

Author: Fedra // Photos: Fedra

GIVEAWAY: WIN A BRUNCH FOR TWO AT GELADOS ITALIANOS CHEF NINO (PT only) - OVER


Olá amiguinhos!
Hoje venho apresentar-vos um GIVEAWAY delicioso em parceria com os Gelados Italianos do Chef Nino!
Este é o local onde celebrei o meu aniversário este ano em Abril, e juntos estamos a oferecer um brunch para dois!
Os brunches acontecem aos fins de semana das 12h30 às 15h30 e o casal de namorados, amigos/as, etc podem escolher o dia que melhor lhes convier (Sábado ou Domingo) para usufruir do prémio, desde que apresentem o email que enviaremos assim que for anunciado o vencedor.
De que é que estão à espera? Vamos a participar?





O passatempo termina à meia noite de 17 para 18 de Julho e o vencedor vai ser anunciado durante o dia 18 (Sexta-feira) nas redes sociais, aqui no blogue e com um email.
Atenção, o vencedor vai ser escolhido pelo random.org!

Para concorrerem ao passatempo, só têm de:
1- Partilhar a imagem do passatempo (a primeira deste post) e fazer um tag na pessoa que gostariam de levar convosco a este brunch;
2- Deixar um like na página de Facebook dos Gelados Italianos Chef Nino;
3- Deixar um like na página de Facebook do Doce para o meu Doce;
4- Preencher o formulário abaixo!

Boa sorte e bons brunches! :D
Love, Lu*

STYLE post: Blue... So What?

 Uma das razões pelas quais deixei o Algarve foi porque sofri de bullying durante a adolescência. Era a miúda cheia de borbulhas, extremamente magra, que andava de forma esquisita. As minhas alcunhas eram a "feia", a "Ferrero Rocher", a "Gazela", o "Flamingo", a "Maria Rapaz". Fui usada para ser gozada pela turma, como quando num dia em educação física, na fila para o salto em comprimento um colega me puxou as calças para baixo, e com elas veio também a minha roupa interior. No pânico de as puxar para cima, entre risinhos e comentários, não raciocinei a tempo que as tinha tão apertadas que tinha de desatar os atilhos das calças primeiro, e foram talvez os segundos mais horríveis da minha vida (na altura).
As coisas eventualmente melhoraram, mas perdi o contacto com praticamente todos os meus colegas de secundário, tendo ficado apenas os que valiam mesmo a pena. Os do meu grupo de atletismo, e a minha grupeta intitulada de nerd pelos "fixes".
Com a vinda para a Universidade, entrei em Faro e em Lisboa, mas ignorei a entrada no Algarve, e fugi para a capital, na tentativa de começar de novo, e de encontrar quem me visse como eu realmente era. Que não me estranhasse e que não me excluísse pela forma de vestir, pelos meus gostos pessoais, ou pela minha pele.

Em Lisboa eventualmente encontrei quem me cuidasse dos problemas de pele (dou-vos o contacto em mensagem privada se precisarem, é de facto um médico milagroso!), e decidi começar a usar aquelas coisas que no Algarve sabia que seria gozada. Embora as coisas melhorassem, não sei se pela mentalidade ou se por simplesmente ser uma cidade maior e as pessoas não quererem saber, o facto é que ainda acontecia aqui e ali.
É engraçado, por exemplo, ver as diferentes reacções que um simples baton provoca. Se uso um rosa, tudo normal. Se uso um vermelho, uau, a boca está a chamar à atenção... Se uso preto (grande tendência em Nova Iorque este ano, por exemplo!!), sou literalmente tratada como uma marginal. Eu obviamente esqueço-me de que tenho a boca preta, mas numa loja de roupa, ou num café, sou atendida em tom de desaprovação, por vezes ignorada, e já houve quem dissesse que nem consegue olhar-me nos olhos. Na semana passada comprei este azul da Lime Crime que adoro. Houve quem dissesse que gostava mas que não tinha "coragem" de utilizar (coragem, porque a verdade é que se quisermos sair da norma, a palavra é mesmo coragem), recebi comentários de quem dissesse, "Ai Ana Luisa, que horror" ou "então Ana Luisa, vais 'pó surf?". Depois, tive pessoas a rir, a apontar o dedo, a chamarem as famílias para virarem a cabeça para verem a rapariga que estava a passar de boca azul. Alguns nem se preocuparam em disfarçar. É giro analisar a sociedade, e como reagem quando algo foge do normal. É só um baton, malta. Mas não, a freak está a passar.

Quando finalmente caí em mim, decidi que nada disso tinha importância. Dentro do grupo de amigos, sei que primeiro estranha-se e depois entranha-se... mas o facto de isto acontecer deixa-me sempre incomodada. Chega de pensar duas vezes no que vamos vestir de manhã pelos comentários que vamos receber, não acham?

Com este post, não estou de todo a fazer comparações, ou a dizer que certas cidades são melhores que outras. São todas boas e todas más. Continuo a gostar muito do meu Algarve, e aprendi a perdoar. O segredo está em nós e em como nos mexemos. Está no que damos importância e no que nos influencia de forma positiva ou negativa.
Descobri alguns anos depois que não importa a cidade onde vivemos, ou o país. Importa sermos fiéis a nós próprios, porque haverá sempre um labrego a apontar o dedo, a chamar os amigos para virem ver a freak a passar. O segredo... é cagar e andar, e ser feliz.
Eu sou a Ana Luisa, tenho a pele oleosa, ancas muitos largas, mamas pequenas, celulite, e não consigo deixar os doces... ou os hidratos de carbono. Gosto de batons esquisitos, de misturar padrões e não me penteio há sensivelmente três meses. Adoro livros de fantasia, mousse de chocolate com batatas fritas e oiço hip hop. Sou uma cat lady para sempre e fico furiosa quando me dizem que os gatos são falsos. Ando de forma desengonçada, tenho estrias nos joelhos, choro em todos os casamentos que fotografo, ainda que tenha apenas conhecido os noivos nos dia. Gosto de cães, mas odeio quando me babam as mãos. Durmo de endredon o ano inteiro, e nunca me lembro de meter creme hidratante.
Love, Lu*

Fotos // Photos: Marta Dreamaker
Baton // Lipstick: No she didn't - Lime Crime
Camisa // Shirt: Kling
Saia // Skirt: Zara
Mala // Purse: Kling
Sandálias // Sandals: Zara
Anéis // Rings: Berska

One of the reasons why I left the Algarve was because I suffered from bullying during my adolescent years. I was the girl with the terrible skin, full of zits, super skinny who walked in a funny way. My nicknames were "The ugly", the "Ferrero Rocher", the "Gazelle", the "Flamingo" or the "Tom Boy".
I was used as the class clown, like one day on my sports class, on the line for long jump, someone pulled my sports pants down and my under wear came with it. Panicking to pull them back up, while everyone was laughing, I forgot that I should first untie the lace and these were probably the worst seconds of my life by then.
Things eventually got better, but I lost contact with all my classmates who meant nothing to me, leaving only my athletics pals, and the nerd friends, as we were called by the "cool ones".
When the time for college came, I ignored the fact that I was accepted in Faro, and ran away to Lisbon, (ten years ago this September), trying to find my true self, and a place where I could be just me. Somewhere where I could wear what I liked, and where I wouldn't be judged by it, by my personal tastes or by my bad skin.
In Lisbon I eventually found who could take care of my skin problems, and I decided to try to wear everything I didn't have the guts in the Algarve. Things were a bit better, I don't know if because of the mentality or just because no one really cares, but it still happened.
It's funny to see, for example, peoples reaction to just wearing lipstick. If I wear pink, no worries. If I wear red, I am calling attention... if I wear black (huge hit in New York this year), I am treated like a marginal. I obviously forget that my mouth is black, so in a store or café, people actually treat me with disapproval, and there have been people who say they can't look at me in the eye. So last week, I bought this blue from Lime Crime, which I absolutely love. There were people who said they likes it but didn't have the courage (and courage is a great word to put it. Why should I have to be courageous to wear lipstick in a modern society?!), there were people who said "Ana Luisa, thats awful" or "Hey, you gonna go surfin'?". Then I had those who laughed, pointed at me, who called their families to turn their heads to see the freak pass by. Some didn't even try to disguise the fringe and the looks.
It is so much fun to analyze how society reacts to something that just goes out of the norm. Its just lipstick, but no... the freak is passing by.
When I finally came to myself, I decided that nothing really mattered. In my group of friends, at first the reactions can be weird, but then they get used to it... but it still bothers me that judgmental reactions happen. Let's stop thinking twice about what we are going to wear in the morning just because of what people might think, right?
With this post, I am not making comparisons, or saying that some cities are better then others. All of them are good and bad. I still like my Algarve, and I learned to forgive. The secret is in us, and in the way we act. It is in giving importance to what influences us in good and bad ways.
It doesn't matter the city of country where we live. Whats important is to stay true to yourself, because there will always be a "smart fella" pointing the finger at you, calling his friends to look at you and see the freak pass by. The secret is to not give a damn, and be happy.
I am Ana Luisa, I have oily skin, large hips, small boobs and cellulite and I just can't keep away from sweets... or carbs. I love weird lipstick colors, mixing padrons and I haven't combed my hair in three months.
I love fantasy books, chocolate mousse with chips and hip hop. I am a cat lady forever and it gets me furious when people who never had cats say that they are false and not trust-wordy. I walk in a funny way, have stretch marks in my knees and cry at every wedding I take pictures of, even if I just met the couple on that day. I like dogs but hate it when they drool on my hands. I sleep with a duvet all year long and I never remember to put on moisturizer.
Love, Lu*